O objetivo deste artigo é mais do que apresentar uma exposição da teoria das cores. Questões técnicas de identidade visual – muitas vezes não percebidas e valorizadas na solicitação de algumas empresas contratantes –  elas fazem parte de uma base fundamental no desenvolvimento do projeto de criação ou redesign de uma identidade visual.

O estudo de cores envolve análises de aspectos tangíveis e intangíveis relacionados a marca e ao mercado que ela se apresenta. Uma criação sem os devidos cuidados pode ser extremamente prejudicial para os objetivos de posicionamento da marca no seu mercado de atuação.

Teoria das Cores em 1 minuto e 30 segundos

É importante salientar que a escolha das cores corretas na concepção de um logotipo e na aplicação deste em toda identidade visual de uma empresa, está relacionada a formação de uma percepção que pode ser positiva ou negativa, dependendo da qualidade do projeto. A interrelação dos itens que formam toda a identidade, o equilíbrio e a coerência do projeto fornecem percepções que validam ou não a qualidade do que está sendo oferecido. Essas percepções estão ligadas diretamente a escolha, seleção e projeção de qualidade de um produto ou serviço.

Identidade Visual da Ferrari

Cor Ferrari na Identidade Visual

É notório que a identificação da marca Ferrari na Fórmula1, apenas pela cor vermelho Ferrari fornece o mais importante elemento de percepção que a marca tem a oferecer, é uma identificação imediata, até mais do que o símbolo com o cavalo negro. Com o passar do carro, ao vermos os boxes, os uniformes da equipe, e os caminhões, qualquer um, até uma criança prontamente identifica a escuderia e fabricante de carros apenas pela cor vermelha.

Esse exemplo ilustra a importância da cor para identificar a marca, a sensação que se procura transmitir com o uso correto das cores da empresa em toda a comunicação visual, seja nos impressos, na papelaria corporativa, no site e na própria empresa como na fachada.

Todo este processo depende de um estudo realizado por um profissional especialista em design, a partir da criação do logotipo da empresa e do desenvolvimento do Guia ou Manual de Identidade Visual.

Com o desenvolvimento do Guia ou Manual de Identidade Visual, cabe ao responsável pelo marketing da empresa, reforçar a importância de respeitar e manter a identificação da marca e suas cores no mercado, aplicando todos os conceitos previamente estudos e estabelecidos no manual.

Se sua empresa não tem um logotipo formatado e que leve em conta essas formatações, seguramente a equipe de marketing não terá parâmetros para encaminhar para reprodução e produção de peças on e off-line os modelos e formas adequadas de exposição da marca.

É muito comum recebermos contato de empresas que não tem uma adequada formatação de identidade. Mais comum ainda, são empresas que não desenvolveram guias ou manuais de identidade visual, com aplicações incorretas do logotipo, os danos na reprodução do logotipo e seus elementos são diretamente percebidos na percepção negativa que a marca mal reproduzida apresenta nesse caso.

Se você está atento a essa realidade e se sua empresa precisa de um redesign de marca, entre em contato com a RGARTE para avaliarmos e elaborarmos um estudo para buscarmos melhores resultados para seu negócio.

Consulte

Confira as condições especiais para seu modelo de negócio, entre em contato com a RGARTE e saiba mais sobre.